As aulas (re)começaram na segunda-feira passada (dia 5 de Março), e eu quero compartilhar um pouco das minhas expectativas e dos meus aprendizados com você.

 

Nesse semestre, estou cursando seis disciplinas. Por mais que eu estivesse evitando quatro delas, estou bem animada e, pelo menos por enquanto, estou gostando das aulas. Por mais que falte alguma afinidade com as matérias, é muito bom aprender sobre qualquer assunto quando as professoras são tão apaixonadas pelo que fazem!

 

As disciplinas são:

  1. Fundamentos Teórico-Metodológicos em Alfabetização I
  2. Fundamentos Teórico-Metodológicos em Educação Infantil II
  3. Pesquisa II – Elaboração de Projeto de Pesquisa
  4. Estágio I – Prática Escolar com Estágio Supervisionado em Educação Infantil I
  5. Estágio V – Prática com Estágio Supervisionado em Educação de Jovens e Adultos I
  6. Cartografia com Crianças e Escolares

 

Nesta primeira semana, já tive aulas presenciais de todas as disciplinas – exceto Pesquisa II.

 

Para a disciplina de Alfabetização, li um texto indicado pela professora que abordava a diferença entre os conceitos de “letramento” e “alfabetização”. O texto se chama Letramento e alfabetização: as muitas facetas, foi escrito pela Magda Soares, e também discute a diferença entre Brasil, França e Estados Unidos quanto às motivações que promoveram essa reflexão.

Para a disciplina de Educação Infantil II, li e resumi o texto O Currículo na Educação Infantil: o que propõem as novas diretrizes nacionais?, da Zilma de Moraes Ramos de Oliveira. Discutimos o texto na sala de aula – e foi bastante produtivo.

Nas duas disciplinas de Estágio, as professoras passaram instruções acerca da papelada para realização do estágio nas instituições. Por enquanto, estou tranquila. São muitos documentos, de fato, mas ainda não me desesperei. Já surgiram algumas dúvidas e estou aguardando a resposta de uma das professoras para dar continuidade ao processo de formalização do estágio.

A aula da disciplina de Cartografia foi super leve – e não pela falta de densidade dos conteúdos, mas porque a proposta da aula é realmente diferente. Discutimos conceitos de alfabetização e letramento cartográfico, desenhamos um mapa de cheiro das nossas casas, exploramos um pouco mais o conceito de topofilia e iniciamos a leitura do livro “O colecionador de botões e a menina que gostava de mapas remendados”, disponível aqui. O professor também mostrou vários livros que podem ser utilizados para ampliar o tanto o conceito de mapa com as crianças como sua vivência espacial. Um dos livros indicados para aprofundar no assunto é o Topofilia, de Yi Fu Tuan, e ele me interessou bastante! Por fim, conversamos sobre a relação das Paisagens com as múltiplas sensações humanas e o valor político das Toponímias, que revelam a historicidade dos lugares.

 

Ah! Por fim, a Prof. Geruza Volpe está disponibilizando livros infanto-juvenis de sua própria coleção como parte do Projeto “Era outra vez…” na biblioteca da Faculdade de Educação da UFJF. Nesse mês de Março, em comemoração ao mês da mulher, os livros disponíveis abordam temáticas relacionadas a este tema. Na semana que vem, postarei um texto apresentando estes livros aqui no blog. Para quem tiver interesse, basta chegar na biblioteca da Faced!

 

Enfim, estou otimista para este semestre. Como este é o ano da lanterna, espero conhecer áreas diferentes e aprender bastante por onde passar.

 

Se você gosta de textos como esse, me conta aqui embaixo!

Pretendo compartilhar meus aprendizados aqui no blog, para mostrar que a Pedagogia não se resume nem a escola e nem a crianças. Então, se você curte Educação, não deixe de acompanhar os próximos textos! 😉

Volta às aulas: Pedagogia – UFJF
Classificado como:                

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *