organização é mapa – planejamento é rota

https://karlottafreier.tumblr.com/
karlottafreier.tumblr.com

há algum tempo, tenho percebido o planejamento pessoal chegar como tendência para assuntos relacionados à produtividade. essa tendência, ao meu ver, se materializa na popularização de planners e contas no instagram com este foco.

e não há nenhum problema nisso – na verdade, acho super positivo que as pessoas estejam explorando ferramentas de autoconhecimento! tanto o bullet journal quanto os planners, por exemplo, cumprem bem essa função de encontro consigo mesma: ambos demandam que você olhe para si e que você dê atenção para o que te importa.

acho, no entanto:

  1. minimamente curioso e sintomático que o foco esteja no planejamento; e
  2. problemático que a gente não trate a organização.

esse primeiro achar eu vou explicar em outro momento. vou explorar em outro texto os motivos pelos quais eu não recomendo o uso de planner – e uma coisa conversa com a outra.

por ora, vou mergulhar de leve no segundo achar: qual é a relação entre organização e planejamento? e por que precisamos explorar essa diferença?

vamos lá:

o seu sistema de organização pessoal é como se fosse um mapa da sua vida. quanto mais você se apropria desse sistema e o atualiza, mais detalhes possui esse mapa.

organizar-se é quase um trabalho de cartografia do presente – do que já está em andamento na sua vida e, também, dos seus atuais desejos.

planejar, por outro lado, significa traçar uma rota, pensar em um caminho.

quanto mais elaborado é um mapa, melhor você consegue definir uma trilha: você avalia se vale a pena o caminho mais rápido porém mais íngreme, ou o caminho mais longo porém mais plano. essa avaliação só pode ser feita quando você conhece os caminhos.

quando pensamos em planejamento sem considerar a organização, tendemos a falhar em nossas escolhas pois não sabemos ao certo quais são essas escolhas. em vez de avaliar as possibilidades, tendemos a tateá-las e raramente conseguimos seguir conforme planejado. e, no fim das contas, nos culpamos.

é necessário, então, ser organizada para começar a me planejar?

não mesmo! seja na organização ou no planejamento: a gente aprende fazendo! e os equívocos são fontes de autoconhecimento.

escrevo esse texto para que você considere aproveite o desejo de aprender a planejar para desenvolver sua organização pessoal.

quanto melhor você desenhar o seu mapa, melhores serão as suas trilhas! e mais fácil será traçá-las também <3

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *