como eu faço o meu planejamento semanal

como eu faço o meu planejamento semanal
https://chiakiida.tumblr.com/

ontem escrevi o meu processo de revisão semanal – que, ao meu ver, é um processo de atualização do sistema de organização. você pode ler aqui.

as práticas de revisão semanal e planejamento semanal, juntas, garantem que eu tenha uma semana mais produtiva. isso porque eu tenho mais clareza acerca das minhas prioridades e me sinto segura sobre o que decidi não fazer.

ter consciência da própria procrastinação é tudo.

atualmente, utilizo o canva para planejar a minha semana.

1. mapeamento de rotina

antes de distribuir as tarefas em dias e momentos específicos da minha rotina, eu gosto de ter essa visão geral da rotina da semana. não escrevo atividade por atividade e evito ao máximo utilizar blocos de horário – porque, pra mim, não funciona. a visão geral fica mais ou menos assim:

é mais uma forma de organizar a minha semana e entender quanto tempo eu tenho disponível para cada atividade das diferentes áreas da vida que preciso dar conta.

é mais uma forma de organizar a minha semana e entender quanto tempo eu tenho disponível para cada atividade das diferentes áreas da vida que preciso dar conta.

esse template nem sempre é o mesmo – até porque, para mim, uma das delícias de utilizar o canva é poder criar diferentes layouts de acordo com o meu humor. e isso requer pouquíssimo trabalho, pois já existem diversos templates de planner disponíveis na plataforma!

algo que comecei a fazer essa semana e acredito que vai ser bem legal é escolher um tema para a semana. a semana 31, pra mim, é uma semana de tentar ter uma rotina mais equilibrada – pois tenho me sentido sem conexão comigo mesma.

2. acompanhamento de hábitos

os hábitos que acompanhamos são aqueles que desejamos criar ou extinguir – não há necessidade de acompanhar hábitos já consolidados. os hábitos a seguir são hábitos novos ou desafiadores pra mim – por isso acho que faz sentido acompanhar para entender se minhas estratégias estão funcionando ou não!

3. planejamento diário

depois de entender minhas prioridades e minha rotina, é hora de planejar o micro: o que fazer em cada bloco de tempo?

isso eu faço diariamente – no final ou início de cada dia. e o que alimenta esse planejamento são as minhas listas por contexto: sei o que preciso estudar e sei o que preciso fazer no meu horário de trabalho e já identifiquei as prioridades. agora, no planejamento, eu preciso decidir o melhor horário para fazer essas atividades.

percebe como eu mastigo as atividades aqui? percebe como as ações são claras?

e percebe que nem todas estão presentes? acho importante escrever acordar e tomar café da manhã, mas não acho relevante escrever escovar os dentes, arrumar a cama ou limpar a areia dos gatos – todas essas ações eu faço todos os dias na minha rotina da manhã, mas não preciso descrevê-las. escrevo apenas o que eu considero relevante para esse encadeamento da rotina.

é lógico que algumas informações são super pessoais e eu não estou disposta a compartilhar, mas o principal está aí.

isso significa que não vou procrastinar? não necessariamente!

como você pode ver, ontem eu me planejei para uma atividade que não realizei – e tudo bem. o que acontece é que eu vou precisar considerar novamente essa atividade na hora de planejar outro dia dessa semana – porque ela é prioridade.

significa que tenho mais consciência da minha procrastinação e consigo entender as suas consequências – ou seja, como elas impactam os outros dias da minha semana, se é que o fazem.


como você faz os seus planejamentos diário e semanal?

Comments

No comments yet. Why don’t you start the discussion?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *