organização requer conhecimento

organização requer conhecimento
http://www.fubiz.net/2016/03/18/sweet-and-delicate-korean-artworks/

conversamos em outro texto sobre como é difícil definir organização. essa dificuldade nos causa alguns problemas. um deles é achar que a organização é um bloco homogêneo e sem especificidades – ou seja, se eu sei organizar alguma coisa, eu sei organizar todas as coisas. e isso não é verdade!

existem, é claro, princípios gerais que nos orientam. para ilustrar: o que usamos com frequência deve estar próximo de nós. isso serve para organização de compromissos e tarefas: qual sentido faz culpar-se por não conseguir manter uma agenda se sua agenda não está por perto quando você precisa dela, seja para acessar o que está escrito, seja para criar nova entradas? isso serve para organizar informações: pois qual é o sentido de um documento que você abre todo dia ficar escondido em dez cliques no drive da empresa? isso serve para organizar sua cozinha: os copos que você utiliza cotidianamente devem estar mais “a mão” do que o multiprocessador – a não ser que o multiprocessador seja mais utilizado. e por aí vai: livros na sua biblioteca, roupas no seu armário, produtos de limpeza na dispensa etc.

e organizamos para que nossos processos sejam mais eficientes. para não perder tempo procurando nossas coisas, por exemplo. ou para garantir que elas estejam no lugar. para isso, precisamos observar os processos, identificar pontos de melhoria e criar soluções conforme as dicas que a própria situação nos oferece. e isso é geral.

por outro lado, o nosso olhar é educado a partir daquilo que conhecemos. eu entendo pouco de moda, vestuário e dobraduras – então é limitada a minha possibilidade de organizar guarda-roupas. eu entendo pouco ou quase nada sobre finanças e marketing, então é difícil para mim identificar pontos de melhoria e criar soluções. isso porque eu observo os processos mas não consigo ver muita coisa. se não conseguimos observar o que está acontecendo, não conseguimos ser criativas nas soluções. agora, entendo de educação e pedagogia – por isso, para mim, é mais fácil ter insights criativos sobre processos de melhoria de organização nessa área. porque eu quando eu observo, eu vejo com mais clareza. eu sei o que estou observando, sei para onde olhar. percebe?

um exemplo bobo e super pessoal: eu consigo me organizar para escrever para o blog. o que eu não consigo fazer direito é organizar os temas ou categorias dos textos. mas, quanto mais eu tiver experiência com o blog, e quanto mais eu estudar sobre isso, melhor eu vou conseguir organizar os temas.

o mesmo pode estar acontecendo com você. você talvez consiga organizar muito bem a sua agenda – mas não a sua rotina. ou, talvez, você organize super bem os seus papeis, mas não consiga organizar suas tarefas. ou, ainda, é possível que você seja super organizada com sua rotina, mas você se perca com a organização da sua equipe no trabalho. processos diferentes demandam organizações diferentes, que por sua vez demandam conhecimentos específicos – por mais que existam princípios gerais.

escrevo isso porque geralmente as pessoas me chegam dizendo que querem “organizar a vida”. mas a vida é muita coisa! coisa demais pra organizar de uma vez! por isso, se este for o seu caso, recomendo:

  • compreender o motivo pelo qual você quer “organizar a vida”;
  • buscar o que precisa ser organizado – são as informações que são trocadas pela sua equipe? é o fluxo do trabalho? é a sua cozinha? a sua biblioteca? os seus documentos? o seu escritório? a sua rotina? os seus compromissos? o seu cardápio? os seus gastos?
  • estude de forma específica! se você quer organizar seus estudos, estude sobre organização de estudos. se você quer organizar sua produção de conteúdo, procure ajuda específica para isso.
  • não deixe de estudar organização, de forma geral. porque aprender sobre os princípios te ajuda a discriminar sobre aquilo que você está aprendendo. tem muito conteúdo sem noção por aí e a gente precisa ter muita criticidade antes de sair aplicando métodos e testando ferramentas.
  • siga aprendendo sobre organização pessoal. quanto mais você olha para os seus processos de organização, mais você consegue entender o que funciona ou não para você. e mais domínio você tem para aplicar mudanças na sua vida. porque, no fim das contas, seja organizando o escritório, o cardápio ou as finanças, você estará fazendo mudanças na sua vida, no seu cotidiano.

Comments

No comments yet. Why don’t you start the discussion?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *