meus hábitos de manutenção separados por categoria: casa, alimentação e finanças

meus hábitos de manutenção separados por categoria: casa, alimentação e finanças
https://www.nytimes.com/guides/well/how-to-clean

eu gosto de dizer que a gente cria o nosso próprio kit de ferramentas de organização. e gosto de pensar como uma caixa de ferramentas, só que de forma abstrata. não estou falando aqui de ferramentas físicas apenas (como papel, caneta, pastas ou aplicativos), mas de hábitos, valores, rotinas, princípios e tudo mais que consideramos fazer parte desse nosso kit. é bem pessoal.

dedico esse texto a uma parte fundamental do nosso kit de ferramentas: nossos hábitos de manutenção! sem eles, não conseguimos manter o nosso sistema funcionando. então, para ilustrar, decidi trazer alguns hábitos do meu kit de ferramentas separados por categoria.

destaco que não foi de um dia para o outro que desenvolvi esses hábitos. e, atualmente, eles estão consolidados na minha rotina porque fazem sentido pra mim. não tem tanto a ver com disciplina ou motivação, mas com saber que eles me fazem bem. em última instância, eu tenho sempre a escolha de deixar de fazer qualquer uma dessas coisas, mas eu me conheço e sei quais vão ser as consequências de deixar de fazer uma ou outra coisa no meu dia a dia.

destaco também que esses hábitos são de manutenção porque eu já tenho um sistema estruturadinho que funciona pra mim. eu não preciso, atualmente, organizar a geladeira ou o armário da cozinha, por exemplo – elas já estão organizadas, já possuem um sistema, basta manter. se o sistema criado não está se mantendo, daí vale a pena se perguntar se é uma questão de criar hábitos e mexer na rotina ou de organizar de outra forma.

ainda, vale dizer que eu acabei de me mudar para morar junto com o homem (meu namorado). então, muitas coisas estão mudando. estamos ainda tentando entender nossa rotina juntos. estamos tentando alinhar como será a manutenção da casa. estamos testando algumas possibilidades com relação às atividades domésticas. então, nada aqui é fechado ou definitivo.

organização da casa

diariamente

  • limpar caixinha de areia dos gatos
  • colocar comida para os gatos
  • guardar a louça que o homem lavou na noite anterior
  • lavar a louça do nosso café da manhã
  • anotar o que precisa ser comprado na lista de supermercado que dividimos no trello (quem anota é quem percebe a demanda)
  • tirar o lixo (quem percebe a lixeira cheia, troca. quem sai de casa, leva o lixo para fora)
  • colocar as coisas no lugar depois de usar (exemplo: tirei o pote de aveia da dispensa para fazer meu café da manhã. assim que eu termino o café da manhã, guardo o pote no lugar)

como o homem acorda depois de mim todos os dias, é ele quem arruma a cama. acho importante colocar aqui porque esse é um hábito “nosso”.

há outros hábitos que são do homem. por exemplo: lavar a louça antes de dormir ou passar vassourinha na casa durante a semana.

semanalmente

  • lavar roupas conforme for necessário (no momento, eu lavo e o homem fica por conta de pendurar e tirar do varal – mas pode variar)
  • guardar minhas roupas limpas
  • lavar sapatos conforme necessário
  • fazer faxina na casa (homem e eu revezamos)
  • trocar roupas de cama e banho

acredito que não tenhamos nenhum hábito mensal relacionado à manutenção da casa. mas, provavelmente, vamos criar uma espécie de sorteio das tarefas chatas de limpeza que ninguém quer fazer mas que são importantes de serem feitas de vez em quando – como limpar as janelas e aspirar cantinhos difíceis.

organização da alimentação

começar a morar com o homem na virada do ano me deu uma super força pra me alimentar melhor. em primeiro lugar, porque o homem tem uma rotina de alimentação bem estruturada desde sempre. e isso é me serve muito de exemplo porque eu nunca tive rotina de alimentação bem estruturada e, para mim, é um desafio conseguir manter uma rotina de alimentação saudável. leia-se: normal e sem neuras. além de morar com uma pessoa que é exemplo pra mim no quesito “relacionamento saudável com a comida”, eu me empolgo bastante com a energia de possibilidade de mudança de janeiro! e, como se não bastasse, organizar a alimentação para duas pessoas é mais interessante do que organizar a alimentação só pra mim – porque podemos dividir as tarefas! e porque tem alguém para comer a comida que eu cozinho (e eu amo cozinhar)!

vamos aos hábitos:

diariamente

  • cozinhar almoço
  • anotar ideias de pratos e receitas que podemos fazer
  • descongelar alguma comida que esteja planejada para o dia seguinte
  • alterar o planejamento do dia seguinte caso sobre comida

eu cozinho e o homem lava a louça. como eu geralmente não janto, minha participação se encerra aí. e o homem janta o resto do almoço ou qualquer outra coisa.

semanalmente

  • planejar cardápio (fazemos isso juntos)
  • completar lista de compras
  • fazer supermercado
  • preparar comidas para congelar

organização financeira

diariamente

  • anotar gastos quando eles acontecem (geralmente, mando para mim mesma no wpp)
  • passar os gastos do dia para planilha do mês
  • passar os gastos da casa para a planilha da casa

mensalmente

  • revisar a planilha pessoal do mês anterior
  • revisar a planilha da casa do mês anterior
  • acertar contas com o homem
  • planejar gastos do próximo mês
  • investir como for possível

eu deixo na minha planilha pessoal um planejamento ideal. lá, tem qual porcentagem dos meus ganhos devem ser destinados a uma ou outra coisa. a meta é que eu consiga, por exemplo, investir 25% do que eu recebo – mas ainda não é possível. então, eu vejo o que é possível de ser feito no mês em questão.

a planilha da casa é algo que estamos testando e desenvolvendo. criei ela no drive e compartilhei com o homem. quando compramos alguma coisa para a casa, lançamos na planilha. no final do mês, nos acertamos. também colocamos ali as contas que compartilhamos (de aluguel e condomínio à spotify e netflix), seus valores e respectivos vencimentos.


uau! que texto gigante! para não cansar, deixarei para escrever sobre hábitos de outras áreas da vida em um próximo texto. vem aí: estudo e trabalho.

Comments

No comments yet. Why don’t you start the discussion?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *