estudos e prioridades

estudos e prioridades
https://br.pinterest.com/pin/23995810502084157/

entender como os nossos estudos estão relacionados com as nossas prioridades nos ajuda a estruturar uma rotina de estudos mais produtiva. bora pensar o lugar que cada estudo ocupa na sua vida e como cada aprendizado te afeta e te atravessa.

segue:

por onde passa o estudo

tudo bem se você responder que não. uma coisa é aprender sobre legislação educacional brasileira – outra coisa é estudar sobre esse assunto para passar num concurso. aprender de verdade te ajuda a ser aprovado no concurso? com certeza. mas estudar para fazer a prova (no sentido de treinar para o concurso) é diferente – e, talvez, seja até mais efetivo.

o mesmo vale para uma prova na escola. ou para a prova do enem. ou a apresentação de um trabalho na faculdade.

quero ilustrar com um exemplo pessoal. na faculdade de pedagogia, muitas vezes estudei para aprender não porque me interessava pelos temas, mas porque queria aprender para dizer: eu vivi essa disciplina e o que aprendi foi tal, o que deixei de aprender foi tal. e isso era importante para mim porque meu principal objeto de interesse para pesquisa era a formação inicial de professores – ou seja, o próprio curso de pedagogia. em outros momentos, estudava para aprender pois precisava apresentar um trabalho para a turma e eu tinha a responsabilidade, conferida pelas professoras na organização didática das disciplinas, de orientar uma reflexão sobre o tema para a turma. se eu não me esforçasse para aprender, eu estaria deixando a turma na mão (por mais que a própria turma, muitas vezes, pouco se importasse).

meu ponto: estudar nos atravessa de diversas formas. o buraco é mais embaixo.

prioridade de cada coisa que se estuda

para organizar sua rotina e conseguir estudar de forma consistente, é importante saber como esse estudo se relaciona com suas prioridades. se uma de suas prioridades é sua carreira, procure responder se o estudo que você está fazendo está alinhado com o que você deseja para você e para sua vida. o mesmo vale para qualquer que seja sua prioridade: saúde e bem estar, espiritualidade, finanças, maternidade, família etc.

ilustrando: sua prioridade pode, hoje, ser sua carreira – tendo em vista que você gostaria de ser mãe em alguns anos. você, então, planeja se inscrever para o mestrado ou doutorado e precisa escrever um projeto, o estudo hoje, ocupa um papel chave – super alinhado às suas prioridades. se você não fizer um pouquinho toda semana, provavelmente encontrará dificuldades quando abrirem as inscrições para o processo seletivo.

ilustrando: se uma de suas prioridades é saúde e bem estar e você gosta muito de aprender sobre um assunto, estude um pouquinho que seja desse assunto durante a semana. pode ser que você goste de aprender uma língua estrangeira. quem sabe, seu rolê é história da arte. ou, ainda, você pode estar aprendendo a tocar um novo instrumento ou se dedicando a um novo hobbie. se está alinhado com sua prioridade, talvez dedicar um tempo para essas coisas seja mais importante que estudar para escrever o seu projeto.

prioridade do estudo na sua vida

eu serei a última pessoa do mundo a te dizer que tudo é possível. não é.

se você precisa trabalha e estuda: o meu mais forte abraço.

o exercício da prioridade, neste caso, é para te livrar de qualquer culpa que possa chegar porque você está fazendo o mínimo. mas, fazer o mínimo, talvez já seja o seu máximo. por isso, foque as suas energias no que realmente importa. seja honesta com seus professores – se você estiver estudando com professores. leia os textos enquanto seca o cabelo. assista às aulas enquanto prepara o almoço. sem culpa. é uma questão de contexto.

no mais: reserve seus melhores horários para o que você precisa estudar com mais ênfase. e só quem sabe qual é esse estudo é você.


cada caso é um caso. então, observe sua rotina e seu contexto de vida. entenda o que é possível de se fazer no momento. e estude e aprenda com perspectiva: construindo o hábito e respeitando o tempo da aprendizagem e do estudo, trabalhando com foco na consistência e no processo.

Comments

No comments yet. Why don’t you start the discussion?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *