meu planejamento pessoal para 2022

neste artigo, apresento o meu passo a passo para planejar 2022 e algumas reflexões que fiz ao longo do processo. antes de começar, preciso te contar sobre alguns pensamentos que já estavam no ar há algumas semanas:

  • utilizei o trello por alguns anos. sou muito fã da plataforma e gosto das possibilidades que ela me oferece. porém, comecei a ficar um pouco enjoada da carinha dela (o que é normal, acontece mesmo) e comecei a me sentir limitada pelas configurações. por isso, decidi migrar meu sistema para o notion.
  • não sou fã de grandes revisões e planejamentos. explico: pratico o método gtd, mas evito a todo custo as revisões trimestrais. não sou da turma do planejamento de vida. pensar sobre isso, na verdade, me causa bastante ansiedade. o meu planejamento mensal se resume à adaptação da minha rotina conforme a iniciativa que me demanda mais atenção no momento – é assim que dou conta de três empresas. fora isso, faço a revisão e o planejamento financeiro mensal – e só. no entanto, esse ano eu entendi que o meu caminho é de ser uma profissional liberal. assumir isso para mim tem efeitos. um deles, sem dúvida, é a necessidade de mais planejamento de longo prazo. no meu caso, longo prazo aqui se refere à trimestres, semestres e anos – o que é novo pra mim.

isso significa que pensar sobre 2022 foi um exercício muito intenso, que envolveu: migrar o meu sistema de uma plataforma para outra + revisar o último ano + refletir sobre o próximo ano + planejar, ou seja: tomar decisões sobre a minha vida e meu cotidiano tendo em vista o que quero priorizar.

segue, então, o que eu fiz:

1. criei uma página

criei uma página no notion para o planejamento anual, como mostra a imagem abaixo. a função dessa página é agrupar as minhas decisões de planejamento, bem como orientá-las.

coloquei tudo na mesma página para que eu pudesse sempre retomar algumas decisões antes de realizar meus planejamentos.

2. escolhi o lema do ano

tenho essa prática desde a virada de 2017 para 2018. você pode ler mais sobre isso, aqui. entendi que a minha palavra para 2022 seria: entendimento correto.

escrevi um texto para me lembrar da prática budista que inspira esse lema e o que ele significa para mim. também escrevi um breve parágrafo sobre a virtude da benevolência, para que eu me atente sobre ela, e um verso do cai gen tan.

3. descrevi a pessoa que quero ser

li esse texto da thaís godinho, do vida organizada, e me inspirei no seu exercício de pensar sobre o que eu não quero ser em 2022. pensei sobre o que eu não quero manter na minha vida – tanto em termos materiais, quanto emocionais, comportamentais e até mesmo espirituais.

a partir desse exercício, eu escolhi quatro adjetivos que eu gostaria que me descrevessem no final de 2022 e descrevi brevemente o que cada um deles significa para mim.

autêntica: letícia age conforme deve e confia na sua criatividade.

frugal: letícia se importa com o que deve. é grata pela vida que tem. não se dedica às posses, mas à prática das virtudes no dia a dia.

calma: letícia não se estressa. muda o que pode mudar e aprende a tolerar o que não pode.

nutrida: letícia se nutre e come em quantidade suficiente. não passa fome. também se nutre espiritualmente, emocionalmente e intelectualmente.

4. avaliei minhas áreas de foco

em outras palavras: analisei como anda cada área da minha vida. são elas: espiritualidade, saúde +bem estar, trabalho, estudos, finanças e casa. a imagem abaixo mostra como ficou a área de saúde + bem estar, para que fique fácil visualizar o que significa essa avaliação.

pontos importantes:

  • o objetivo da avaliação não é tirar nota 10. o objetivo é visualizar a partir de critérios quais áreas precisam da minha atenção e quais ações podem ser mobilizadas para que eu viva mais conforme o que eu acredito e tenha mais qualidade de vida.
  • não é porque está escrito objetivo que deve ser cumprido agora. quero concretizar tudo isso um dia, mas não vou fazer tudo de uma vez! não estar trabalhando concretamente para atingir um objetivo não significa ignorá-lo para sempre – só significa que não é a prioridade agora.
  • tudo que está escrito na coluna objetivos faz parte da organização das minhas áreas de foco. quase tudo já estava escrito antes na forma de listas. se você quiser saber mais sobre organização das áreas da vida – como fazer, quais ferramentas utilizar etc – me sinaliza via comentário!

5. defini minhas prioridades

depois de analisar minhas áreas de foco, percebi que não queria priorizar nenhuma delas. tudo andava mais ou menos – 0 que, honestamente, é bom o suficiente para mim nesse momento.

para mim, faria mais sentido definir prioridades que transitassem por todas as áreas. são prioridades que orientam minhas decisões, sejam elas grandes ou pequenas. são elas:

  1. autenticidade – conforme descrevi anteriormente.
  2. ensino e aprendizagem – porque quero focar em ensinar e aprender. quero ser mais professora em todas as minhas esferas de trabalho e quero aprender mais sobre tudo que faço e que ensino.
  3. estabilidade financeira – influencia decisões em todas as áreas da vida. orienta principalmente minhas decisões sobre trabalho e estilo de vida.

fazer tudo isso demorou dois ou três dias. porque envolveu: reflexão, criação e revisão – além de uma migração de plataforma. me sinto mais preparada, agora, para realizar os planejamentos do ano e tomar decisões sobre o que fazer ou não.

se você se inspirar nesse processo, me conta! se você quiser ajuda, me chama <3

feliz 2022!

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *